1808: A corte portuguesa se muda para o Brasil

Brasil, Século XIX 1808: A corte portuguesa se muda para o Brasil
* Por Talita Lopes Cavalcante


Embarque do príncipe regente de Portugal, Dom João, e toda família real para o Brasil no cais de Belém.

Embarque do príncipe regente de Portugal, Dom João, e toda família real para o Brasil no cais de Belém. Pintura de Henry L’Évêque (1768-1845). Biblioteca Nacional de Portugal

Oficialmente, a data de descoberta do Brasil remonta ao século XV. Entretanto, só começou a ganhar sua essência de país quando em 1808 a corte portuguesa se muda para o Brasil. 

Até então, as terras brasileiras pouco ou nada possuíam de governabilidade. Não havia estrutura administrativa mais desenvolvida, inexistindo uma grande preocupação com o desenvolvimento nacional.

Isso só veio a acontecer quando a colônia finalmente se tornou metrópole. Até então, o Brasil era apenas uma grande “fazenda” de onde Portugal retirava suas riquezas para vendê-las em um comércio estreito com a Inglaterra. Contudo, a parceria portuguesa e inglesa passou a sofrer pressões quando a Europa virou palco de disputa entre a gigante comercial Inglaterra e a França de Napoleão.

Buscando enfraquecer o comércio inglês, em 1806 Napoleão Bonaparte, então Imperador da França, decretou um Bloqueio Continental. O decreto proibia os países aliados ou ocupados pelas forças francesas de exercer qualquer relação comercial com a Inglaterra.

Nessa época, D. João estava à frente do trono português após sua mãe, D. Maria I, ter enlouquecido. Receando sofrer uma invasão francesa, porém não querendo abrir mão do comércio com a Inglaterra, Portugal aceitou o Bloqueio, mas manteve as trocas comerciais secretamente.

Quando Napoleão descobriu a farsa, ordenou que o país traidor fosse imediatamente ocupado em novembro de 1807. Sem qualquer condições de resistir à campanha francesa, Portugal resolveu mudar sua corte para o Brasil. Com a proteção da esquadra inglesa, a família real abandonou Lisboa em 29 de novembro de 1807 sob as vaias do povo português. Após a chegada em Salvador, em 8 de março de 1808 a corte portuguesa muda para o Brasil oficialmente, se estabelecendo no Rio de Janeiro.

Foi só então, quando percebeu-se que não havia qualquer condições de governabilidade e de estrutura para uma família real, que D. João resolveu “investir” para poder governar. Finalmente o Brasil começava a adquirir a essência de país e se transformara em metrópole, pelo menos até 1821, quando parte da família real retornou a Portugal.

Referências:
– OLIVEIRA, Cecília Helena de S.. A independência e a construção do império. São Paulo: Atual, 1995.
– “A Vinda da Família Real ao Brasil em 1808“. História Mais.