A História da Máfia, de Nigel Cawthorne

Imagens, Livros Indicados A História da Máfia, de Nigel Cawthorne
* Por Eudes Bezerra



CAWTHORNE, Nigel. A História da Máfia. trad. Guilherme Miranda. São Paulo: Madras, 2012.

CAWTHORNE, Nigel. A História da Máfia. trad. Guilherme Miranda. São Paulo: Madras, 2012.

Reunindo informações seculares e expondo diversos fatos pouco ou nada conhecidos sobre a Máfia, o livro é um verdadeiro soco na cara. Nele, descobre-se que gangsters como Al Capone, Charles “Lucky” Luciano e Carlo Gambino celebraram estreitas ligações com ícones mundiais como John Kennedy, Frank Sinatra e Marilyn Monroe. Escancara-se, entre outros fatos, o apoio da Máfia à invasão Aliada na Itália durante a Segunda Guerra Mundial, a bilionária rede de corrupção internacional, os filmes de Hollywood e a origem da “Cidade do Pecado”, Las Vegas.

Mafiosos, muitos tentaram enfrentá-los, todos falharam. Os presidentes norte-americanos Hoover e Roosevelt declararam guerra, o líder fascista Benito Mussolini assassinou e trancafiou muitos e os Juízes Antimáfia italianos condenaram aos milhares. Alguns destes pretensos heróis sobreviveram, outros foram fuzilados ou dinamitados. Nenhum derrotou a Máfia.

Nas palavras do autor do livro, Nigel Cawthorne:

Apesar de os membros da Máfia serem criminosos implacáveis e antissociais, seu estilo de vida supostamente ‘glamoroso’ captou a imaginação do público, tanto na vida real como na ficção. Milhares de cidadãos comuns e cumpridores da lei reuniam-se para assistir filmes de gângsteres como ‘O Poderoso Chefão’ e ‘Os Bons Companheiros’, e muitas personalidades conhecidas foram cortejadas pelos galanteios de criminosos importantes.”

VENDAS: Livraria Cultura (R$ 39,90): Clique aqui para comprar

Obs.: Não nos responsabilizamos pela ausência de exemplares em estoque, assim como por eventuais variações de preço.


Siga o Museu de Imagens no Facebook!

Fique por dentro de todas as postagens e imagens ao seguir nosso perfil do Facebook. O seu apoio é muito importante para a manutenção e crescimento do projeto. Obrigado.

FECHAR