O casamento de Elvis Presley aos 13 anos

Curiosidades, Música, Personalidades O casamento de Elvis Presley aos 13 anos
* Por Talita Lopes Cavalcante


O casamento de Elvis Presley aos 13 anos

Foto de Elvis Presley, com seu primeiro amor, Magdalene Morgan, quando ambos tinham 13 anos. Ao lado, suposta certidão de casamento feita por Elvis Presley.

My Lord! Where did this come from?!” (Meu Deus! De onde veio isso?) foi a primeira frase que Magdalene proferiu ao ver a licença de casamento com o rei do Rock.

Segundo a idosa, essa não é sua assinatura e seu nome está escrito de forma errada, porém a falsa certidão de casamento traz muito mais do que uma brincadeira do próprio Elvis Presley, mas demonstra o quanto o rei do Rock estava apaixonado àquela época por Magdalene. Após ter sido examinada, peritos descobriram que a assinatura conferia com àquela que pertencia a Elvis. Então, por que ele criou a falsa certidão de casamento?

A história do casamento de Elvis Presley e Magdalene Morgan aos 13 anos de idade

A história começa com um menino tímido de nove anos de idade, segundo Magdalene. Ela e Elvis sempre foram grandes amigos, pois suas famílias eram muito próximas e ambos cantavam juntos na Igreja. Para Morgan, Elvis era o homem de sua vida, tudo nele era perfeito, “He was just my little guy,  you know“, em suas palavras.

Após anos de amizade, um dia, o jovem Elvis surpreendeu-a com uma declaração de amor gravada em uma árvore que ficava atrás de sua casa. Ambos tinham, mais ou menos, 13 anos de idade. Em uma das árvores do quintal, Elvis gravou as iniciais dele com as de Magdalene dentro de um coração, com os dizeres “Love Forever” (Amor para sempre). Desse dia, surgiu o primeiro beijo entre ambos e Magdalene tornou-se a primeira namorada de Elvis. Tempos depois, a família do rei do Rock se mudou para Memphis e os jovens namorados perderam contato para sempre. Entretanto, em 1992 a certidão de casamento da foto veio à luz, suscitando discussões acerca de sua veracidade.

Após alguns especialistas analisarem, foi verificada que era a autêntica assinatura do rei. Contudo, Magdalene afirma nunca tê-la assinado, inclusive apontando que seu nome está escrito errado — durante a entrevista, ela alega que Elvis nunca soube pronunciar seu nome corretamente. O que deixou a senhora espantada foi o fato de que a certidão traz a data do dia em que Elvis foi embora para Memphis. Ao constatar a possível prova de amor, os olhos de Magdalene encheram-se de lágrimas, percebendo que ela nunca fora esquecida pelo rei do Rock, Elvis Presley.

Referência:
Elvis.com.au