As casas medievais

Arquitetura, Curiosidades, Idade Média As casas medievais
* Por Talita Lopes Cavalcante


A casa dos ourives do século XIV

A casa dos ourives do século XIV

Existem diversas formas de voltarmos no tempo e estudarmos sociedades e estilos de vida de outras épocas. Atualmente uma das maneiras mais conhecidas e utilizadas por entusiastas e acadêmicos são os registros fotográficos. Contudo, as construções podem ser consideradas um dos muitos métodos eficazes para se estudar os costumes de outrora. Exatamente por isso e pelo fato de muitas ainda se conservarem exatamente como eram na época em que foram construídas, aqui elencamos cinco casas medievais ainda intactas que foram projetadas e erguidas durante o período denominado como Idade Média Ocidental.

A casa dos ourives do século XIV (foto de capa)

Localizada na comuna italiana de Cividale del Friuli, na província de Udine, a casa modesta sobrevive intacta naquela mesma esquina há cerca de 7 séculos.

Datada de meados do século XIV, a construção conserva boa parte de sua estrutura original, tendo sido trocadas poucas coisas, como vidros, portas e algumas janelas, com exceção da que se localiza no primeiro piso.

A construção era uma casa de ourives e, além dela, também é possível encontrar outras estruturas medievais na mesma cidade de Cividale. Um exemplo é a Ponte do Diabo, cuja lenda afirma ter sido construída pelo próprio diabo que buscava roubar a alma do primeiro desavisado que a atravessasse.

A casa de madeira da velha Paris, século XV

Foto: © 2015, David Henry

Localizada em Paris, na rua François Miron, esta casa de madeira próxima ao Hotel de Beauvais é dita ser uma das mais antigas de Paris, remontando ao século XV.

A vila de 700 anos do Irã

Segundo os habitantes da região, as casas da vila de Candovan, no Irã, possuem sete séculos. Esculpidas em rocha sólida, elas ainda se conservam tão bem que são habitadas até hoje por cidadãos que fizeram pequenas modificações para modernizá-las.

A mansão enxaimel, século XV

Foto: © Richard Croft

Projetada em um estilo enxaimel para o fazendeiro William Moreton na região de Cheshire, Inglaterra, a mansão Moreton teve seus primeiros cômodos construídos ao final do século XV.

Apesar de não poder ser considerada plenamente uma casa contemporânea ao período medieval, sua construção ainda era um espelho do período recém terminado.

A casa permaneceu na família Moreton por quase 450 anos até ter transferida sua posse ao National Trust em 1938. Atualmente, o edifício é aberto à visitação e está listado como um dos Patrimônios Históricos Nacionais da Inglaterra.

A casa do comerciante, século XIII

Foto: © Tim Knight

A casa do Comerciante medieval é um edifício datado do século XIII e se localiza em Southampton, na Inglaterra. Alegadamente construído por John Fortin, um comerciante famoso de 1290, a construção atravessou os séculos com sua estrutura intacta.

Entretanto, durante a Segunda Guerra Mundial e com os bombardeios alemães, a fundação foi danificada. Somente em 1980 a Casa do Comerciante foi restaurada e colocada sob os cuidados do Patrimônio Histórico Inglês.