Cavalos: os guerreiros esquecidos

Curiosidades, Primeira Guerra Mundial, Século XX Cavalos: os guerreiros esquecidos
* Por Talita Lopes Cavalcante


Na imagem, vários cavalos são enterrados após morrerem na Batalha de Haelen, travada entre o exército belga e alemão em 12 de agosto de 1914, na Bélgica. Milhões desses animais morreram durante a Primeira Guerra. Foto: “Burying horses, Battlefield of Haelen”. Library of Congress, Prints and Photographs Division, Washington, D.C. 20540 USA. ID: LC-B2- 3249-11.

Há quase 100 anos ocorria a Primeira Guerra Mundial. Nela, milhares de soldados pereceram nas frentes de batalhas e junto deles, mais de oito milhões de cavalos também enfrentaram e morreram no front.

Um cavalo magro, solitário e quase moribundo permanece parado ao lado do corpo sem vida de seu condutor enquanto a imagem registra o momento. Não é possível saber quanto tempo ele ficou parado ali; nem qual foi seu destino.

Por muitos anos o grande público desconheceu a realidade dos cavalos de guerra, em especial daqueles que participaram da Primeira Guerra Mundial.

Cavalo permanece ao lado do corpo de seu condutor. Imagem do livro “War Horses”.

Na primeira foto é possível ver uma grande quantidade de corpos equinos sendo enterrados em uma vala comum. Essas imagens foram cenas rotineiras há quase 100 anos, mostrando o papel crucial que esses guerreiros esquecidos tiveram nas frentes de batalha.

Para se ter ideia da quantidade de cavalos perdidos durante o conflito, basta observar as estatísticas inglesas. Dos quase um milhão de equinos que deixaram a Grã-Bretanha em direção à Frente Ocidental, somente 60 mil retornaram para casa.

Esses cavalos foram usados como animais de carga, de alimentos e munições, na linha de frente, como transporte aos feridos ou mesmo como mero meio de transporte dos soldados. Exatamente por isso, eram alvos mais fáceis de serem atingidos do que os homens e podiam causar danos diversos e custosos demais ao inimigo, caso morressem.

Após os exércitos perceberem que os animais eram alvos fáceis das metralhadoras e dos gases venenosos, a utilidade dos cavalos foi reduzida nos campos de batalha. Entretanto, eles continuaram atuando com força nas demais funções que lhes eram designadas. Apesar de diversos trabalhos terem sido apresentados a respeito da participação desses animais em guerras, somente agora são publicados livros e produzidos filmes que chegam ao grande público contando um pouco mais sobre a realidade desses guerreiros que por anos ficaram esquecidos.

Referências:
– HARDMAN, Robert. “Unshakeable courage of the real War Horses: The eight million forgotten animals who were killed on the frontline“. Daily Mail, 2011.
– “Who were the real war horses of WW1?“. BBC.org.
– “Animals during the war“. BBC.org.
– “Untold story of the million horses sent to front line in First World War“. The Mirror, 2011.