Guerra da Bósnia: o colapso da ex-Iugoslávia

Genocídios, Guerras, Museu, Século XX Guerra da Bósnia: o colapso da ex-Iugoslávia
* Por Italo Magno


Guerra da Bósnia - Help Bosnia Now

Muro crivado de perfurações de armas de fogo com a inscrição em inglês Help Bosnia Now (Ajude a Bósnia Agora). Autor desconhecido.

A Guerra da Bósnia e Herzegovina ocorreu oficialmente entre 6 de abril de 1992 e 14 de dezembro de 1995. Durante quatro anos de conflito, o número estimado de mortes é calculado entre 100 e 200 mil pessoas e o de refugiados em mais de dois milhões.

O início Guerra da Bósnia

As três partes envolvidas utilizaram um nome e datas de início diferentes para a guerra. Os croatas a chamaram de “Guerra Patriótica”, considerando o primeiro ato da guerra a destruição da aldeia de “Ravno”, no leste da Herzegovina, no dia 01.01.1991. Os sérvios chamam de “Guerra de Defesa da Pátria”, tendo a mesma iniciada no dia 01.03.1992, após a um ataque a um cortejo de casamento em Bascarsija, antigo centro histórico e cultural no centro da cidade de Sarajevo, que matou o pai do noivo. Os bósnios a chamam de “Agressão à Bósnia e Herzegovina”, tendo a mesma iniciada no dia 01.04.1992, quando unidades paramilitares sérvias, sob as ordens do chefe do serviço secreto sérvio, Jovica Stanisic, cruzaram a fronteira e atacaram a cidade de Bijeljina, realizando o primeiro massacre de muçulmanos.

A República da Bósnia e Herzegovina foi formalmente reconhecida pela Comunidade Europeia em 6 de abril de 1992 e, pelos Estados Unidos no dia seguinte. Após a declaração de independência, forças sérvias bósnias, apoiadas pelo governo sérvio de Slobodan Milosevic e pelo Exército do Povo Iugoslavo (ANJ) atacaram a República da Bósnia e Herzegovina, a fim de garantir e unificar o território sérvio. A luta feroz pelo controle territorial foi acompanhada pela limpeza étnica da população não-sérvia de áreas sob controle sérvio, em especial, da população localizada na Bósnia Oriental, perto da fronteira com a Sérvia.

A guerra foi declarada oficialmente encerrada em 21 de novembro de 1995, com a assinatura do acordo de paz de Dayton (também conhecido como Protocolo de Paris).

Mapa da região da ex-Iugoslávia.

Mapa da região da Bósnia (Ex-Iugoslávia).

Causas da guerra

A guerra foi causada por uma complexa combinação de fatores políticos e sociais no país, que se seguiram ao fim da Guerra Fria e a queda do sistema socialista na Iugoslávia. A República Socialista da Bósnia e Herzegovina era habitada principalmente por bósnios muçulmanos (44%), sérvios ortodoxos (31%) e croatas católicos (17%). Depois do início da desintegração da ex-Iugoslávia, um referendo para a independência foi realizado em 29 de Fevereiro de 1992. O resultado amplo em favor da independência, foi rejeitado pelos representantes políticos dos sérvios bósnios, que haviam boicotado o referendo.

Referências:
BBC News. Bosni-Hercegovina timeline.
FINLAN, Alastair (2004). The Collapse of Yugoslavia 1991-1999. Osprey Publishing.
Rat u Bosni i Hercegovini.
Jugoslavenska narodna armija.