Hoovervilles: as favelas dos EUA

Curiosidades, Imagens Históricas, Século XX Hoovervilles: as favelas dos EUA
* Por Talita Lopes Cavalcante


Hoovervilles

Uma das “Hoovervilles”, favelas que se alastraram durante os anos 30, em pleno Central Park, 1931. Foto: The Great Depression in Washington State Project/ University of Washington in Seattle

Após a crise de 29, ou Crash da Bolsa de Nova Iorque, o mundo industrializado ocidental entrou em colapso com índices de desemprego cada vez maiores, diminuição das atividades industriais e do comércio exterior. Um dos resultados desse cenário devastador foi o aumento da população pobre e, consequentemente, das chamadas “Hoovervilles” nos EUA; que nada mais eram do que grandes favelas criadas pela população desempregada e que perdera tudo.

Nos EUA, a devastação foi pior do que nos demais países industrializados. Com uma redução de 46% da atividade industrial e aumento de 607% do desemprego¹, diversas famílias se viram diante da miséria, sem ter como prover o sustento de si e, assim, precisaram abandonar suas casas. À época, milhares de ex-veteranos de guerra se dirigiram até a Casa Branca, cobrando o Presidente Herbert Hoover o pagamento do auxílio financeiro.

Hoovervilles

Barracos conhecidos como Hooverville no Sul Massachusetts, 27 de outubro, 1931. Foto: Lee , James P.. ID: shs8767. Museum of History & Industry Photograph Collection

Como um protesto, se instalaram diante o Congresso, construindo barracos, recebendo a denominação de “Hooverville” e, durante todo o período de crise, elas se espalharam por todo os Estados Unidos. Uma das mais famosas foi instalada em pleno Central Park², na área conhecida como “Great Lawn” (“Grande Gramado”).

Atualmente, poucas pessoas que passeiam pelo Central Park imaginam que ali, durante os anos 30, uma favela se instalou em decorrência dos períodos devastadores oriundos da crise de 29.

Hoovervilles

Hooverville , Seattle , Março de 1933. Foto: Webster & Stevens. ID: 1983.10.10788. Museum of History & Industry Photograph Collection

Cartaz contra campanha presidencial

Após a grande depressão, diversos cartazes como esse se espalharam pelos EUA em uma campanha contra o presidente Hoover. No cartaz: Se você gosta da depressão, então quer mais! Vote em Hoover. Foto: “Hoovervilles: 1932 Do-Nothing Economics”. Tony the Misfit.

Referências:
The Great Depression in Washington State Project/ University of Washington in Seattle.
– ¹Jerome Blum, Rondo Cameron, Thomas G. Barnes. “The European world”. (2nd ed 1970) pag. 885.
– ²Gray, Christopher. “Streetscapes: Central Park’s ‘Hooverville’; Life Along ‘Depression Street’“. The New York Times, 1993.