O Massacre de Oradour-Sur-Glane

Genocídios, Guerras, Século XX, Segunda Guerra Mundial O Massacre de Oradour-Sur-Glane
* Por Italo Magno


Carro queimado durante o massacre de soldados nazistas da Alemanha durante o verão de 1944 permanece na cidade de Oradour-Sur-Glane, França.

Carro queimado durante o massacre de soldados nazistas da Alemanha durante o verão de 1944 permanece na cidade de Oradour-Sur-Glane, França.

O massacre de Oradour-Sur-Glane ocorreu em 10 de junho de 1944, quatro dias após o Dia D. Um destacamento do 1º Batalhão do 4º Regimento Panzergrenadier da Waffen-SS foi responsável pelo assassinato de 642 pessoas da pequena aldeia, sendo considerado o maior massacre de civis realizado na França por alemães durante a Segunda Guerra Mundial.

O Massacre de Oradour-Sur-Glane

Cerca de 120 soldados alemães sob o comando de Adolf Diekmann cercaram Oradour-Sur-Glane e fizeram com que os moradores se agrupassem no centro da cidade, onde, inicialmente, aconteceria uma verificação de documentos rotineira. Após reunirem os habitantes, soldados da SS os dividiram sob o pretexto de que iriam procurar armas, munições e mercadorias proibidas. Grupos de cerca de 30 homens foram levados para garagens e celeiros, onde foram fuzilados. Cerca de 450 mulheres e crianças foram trancadas dentro da única igreja, que logo em seguida ardeu em chamas. Pessoas que tentavam fugir eram fuziladas pelos soldados alemães. Também houve relatos de vários estupros durante o ataque. A justificativa alemã para o massacre é que na aldeia se encontrava um oficial alemão em poder da resistência francesa (maquis), hipótese que nunca foi confirmada.

Até o início dos anos 1960, Oradour-Sur-Glane viveu um luto permanente, se tornando uma cidade fantasma, onde não se celebrou comunhões, batismos ou casamentos, tampouco foi realizada alguma atividade festiva. Suas ruínas são um memorial. 318 edifícios da cidade foram destruídos durante o massacre. O comandante da SS Adolf Diekmann , responsável por este crime, não chegou a ser julgado, vez que morreu em combate durante a Batalha da Normandia, dia 29 de junho de 1944.

Ruínas da igreja da aldeia de Oradour-Sur-Glane.

Ruínas da igreja da aldeia de Oradour-Sur-Glane.

Parte interior da igreja em Oradour-Sur-Glane, França.

Parte interior da igreja.

Ruas abandonadas do vilarejo.

Ruas abandonadas da aldeia.

Imagem aérea das ruínas da cidade-memória de Oradour-Sur-Glane.

Imagem aérea das ruínas da cidade-memorial de Oradour-Sur-Glane.

O Museu de Imagens buscou informações para creditar as imagens, contudo, nada foi encontrado. Caso saiba alguma informação a respeito da autoria, por gentileza, entrar em contato.
Referências:
BBC World at War – Documentário
Oradour.info