O homem ferido – “Wound Man”

Curiosidades, Idade Média, Idade Moderna, Imagens Históricas O homem ferido – “Wound Man”
* Por Talita Lopes Cavalcante


O desenho do wound man é uma representação médica do corpo humano na Idade Média. Essa representação, apesar de rudimentar, ajudava na hora do tratamento das feridas obtidas em batalhas.

O homem ferido, ca.1519

“Wound Man” foi um desenho muito reproduzido durante a Idade Média nos livros de anatomia e cirúrgicos.

A ideia do homem ferido era mostrar esquematicamente os possíveis ferimentos que o corpo humano poderia sofrer durante as batalhas, acidentes e que pudesse aguentar. Acompanhando a imagem vinham textos explicando os ferimentos e, muitas vezes, os procedimentos que deveriam ser tomados para a cura. No desenho aqui representado do século XVI é mostrado todo tipo de ferimento com espadas e objetos pontudos no corpo humano e como proceder para a cura.

Ilustração de Johannes de Ketham

Desenho de um homem ferido no “Fasciculus Medicinae” (Veneza, 1492), por Johannes de Ketham.

Esse tipo de desenho apareceu pela primeira vez em um fascículo sobre medicina intitulado “Fasciculus Medicinae” (Veneza, 1492). A prática desse tipo de registro esquematizado de feridas se manteve até o século XVII e depois foi abandonado em prol de imagens mais avançadas e fiéis do corpo humano.

Ilustração de Hans Von Gersdorff (1455-1529)

Der Feldtbůch Wundartzney (Strasburg, 1528), por Hans Von Gersdorff (1455-1529).

Referência:
Wellcome Library.