The Yellow Kid (Hogan’s Alley), a primeira história em quadrinhos (HQ), 1895.

Artes, Curiosidades, Literatura, Século XIX The Yellow Kid (Hogan’s Alley), a primeira história em quadrinhos (HQ), 1895.
* Por Talita Lopes Cavalcante


The Yellow Kid (Hogan's Alley)

The Yellow Kid (Hogan’s Alley)

A primeira história em quadrinhos (HQ) moderna foi criada pelo artista americano Richard Outcault em 1895, com o personagem “Yellow Kid” de Hogan’s Alley (nome da história), que fez tanto sucesso ao ponto dos grandes jornais nova-iorquinos brigarem para tê-la publicada. Obviamente Outcault não foi o primeiro a inventar histórias contadas em fragmentos, por exemplo, as pinturas rupestres poderiam ser consideradas as pioneiras nessa modalidade que serviam para contar como eram suas aventuras nas caçadas.

Contudo, HQ, aos moldes modernos como conhecemos, “Hogan’s Alley” foi a pioneira. A grande diferença é que esses ancestrais das HQs não tinham texto, os enredos eram desenvolvidos apenas com uma seqüência de desenhos e, em relação aos outros artistas do século 19, que já usavam textos e imagens, o desenho de Richard Outcault faz uso dos balõezinhos com as “falas”, marcando o mundo das histórias em quadrinhos.

A história é sobre um menino que usa um pijama amarelo e vivia em becos/favelas, típicos de certas regiões da miséria que existia no início do século 20 na cidade de Nova Iorque. O beco de Hogan também era cheio de personagens estranhos. Suas falas eram mostradas através de suas roupas (uma espécie de crítica aos painéis publicitários da época) e o personagem usava gírias.

Referências:
The Yellow Kid“. The Ohio State University Libraries, 2007.
The Yellow Kid on paper and stage, Origins of the Kid”, 2011.
CANEMAKER, John. “The Kid From Hogan’s Alley“. New York Times Book Review, 2007.
“Quem inventou as Histórias em Quadrinhos?”. Mundo Estranho.